SPFW Inverno 2016 – Animale

Vitorino Campos se inspirou no movimento artístico que surgiu no final dos anos 60: o Land Art. Na palheta de cores vemos a referência nos tons caramelo queimado e amarelo cítrico, e também nas estampas com fundo branco.

Envolvendo arte e natureza, as peças foram feitas com materiais 100% naturais, como a lã, seda e o couro. A grife traz sua coleção com bastante transparência (queridinha desta temporada) e renda, também deixando os seios à mostra como no desfile de Herchcovitch. O estilista abusou da mistura entre materiais pesados e leves, na maioria das vezes com casacos de lã pesados por cima de peças feitas de renda. Outra tendência que não faltou no desfile foram as botas de cano alto, que dividiram o cenário com vestidos retos e calças mais curtas. Destaque para o veludo molhado, tecido que andava em baixa, mas Vitorino o trouxe de volta, com um toque mais moderno.

Photo: Agência Fotosite

Search By Tags
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now