Gastronomia brasileira


Qual sua gastronomia brasileira?

Em 25 anos de pesquisa sobre a cozinha brasileira aprendemos que ela se manifesta de duas maneiras principais: a comida tradicional de festa, nas comemorações religiosas e laicas (Círios, Divinos, São Joãos, Carnavais, Aniversários, Batizados, Terreiros, Mutirões), e a comida do dia a dia – viradinhos, farofas, picadinhos, bifes, paneladas, cozidos e refogados que, junto com o arroz e o feijão, compõem a nossa deliciosa mistura.

Percebemos ainda, que o mapa gastronômico brasileiro tem um esboço diferente do mapa físico e do político, já que os hábitos culturais dos povos que habitam e habitaram cada região, aliados aos biomas naturais, que indicam a oferta das matérias-primas, determinam também o que vai à mesa. Claro que aí entram influências, interferências, interseções, que ultrapassam as fronteiras, por isso hoje é complexo identificar com precisão cozinhas regionais.

A rica diversidade de ingredientes e o caráter mestiço do nosso povo são a base desta cozinha que se expressa com vigor e naturalidade. Jovem e ainda referendada nos fogões à lenha, prima especialmente pelo sabor: substrato nos fundos das panelas, borras, pimentas aromáticas, milho, mandiocas e suas farinhas crocantes, frutas frescas e abundantes, etc…

Entendemos que o futuro da gastronomia brasileira não deve ignorar os rumos da gastronomia no mundo, mas buscar foco e referência nas nossas técnicas, nas formas de preparo e nos hábitos de comer dos brasileiros; agregando o talento e a criatividade dos nossos cozinheiros. Quem sabe este não seja até um dos ingredientes para a receita de nos tornarmos uma grande nação.

Search By Tags
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now