A história do Jeans

Todo mundo sabe que o jeans é a peça curinga para qualquer eventualidade. O tecido fabricado em 1792, em Nimes, na França, ficou conhecido como o “tecido de Nimes”, que com o tempo foi abreviado por “Denim”.

O tecido era robusto e durável, por essa razão, começou a ser utilizado por trabalhadores do campo e pelos marinheiros italianos que trabalhavam no porto de Gênova, que tinham o costume de chamar “genes” as suas calças de trabalho. Com o tempo acabou se transformando em “jeans” e assim se espalhou no mundo.

Em 1860, foram acrescentados os botões de metal. Em 1886, introduziram a etiqueta de couro no cós das calças. A cor azul índigo, que é popular nos jeans atuais, começou a ser utilizada em 1890 e foi uma estratégia de tornar os jeans mais atraentes. E em 1910, apareceram os bolsos traseiros .

Mas só na década de 30, através de filmes de sucesso que mostravam os cowboys americanos, que o jeans ganhou espaço nas paradas. A Segunda Guerra Mundial popularizou a imagem de virilidade que o jeans representava pois era usado nas fardas do exército americano.

De uns anos para cá, o jeans recebeu muitas alterações. Hoje vemos além de calças e jaquetas, também blusas, croppeds, vestidos e até sapatos. Escolhemos para você os looks mais elaborados.

Search By Tags
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now