Estilista francês Givenchy morre aos 91 anos

Nos deixa aos 91 anos o estilista francês Hubert de Givenchy, que faleceu nesse sábado, 10 de março de 2018. Mas a notícia só foi divulgada na segunda-feira. “Monsieur De Givenchy morreu enquanto dormia no sábado, 10 de março de 2018. Seus sobrinhos e sobrinhas compartilham a dor. O funeral será realizado na mais restrita intimidade”, afirma o comunicado da maison, assinado pela família do estilista.

no texto, os parentes informam que, “em vez de flores e coroas”, Givenchy “teria preferido uma doação ao Unicef em sua memória”.

Givenchy foi um ícone na indústria da moda por mais de três décadas, suas roupas foram usados por estrelas como Jacqueline Kennedy Onassis, Audrey Hepburn e Grace Kelly. Sua Primeira coleção foi aos 24 anos, é impossível não se lembrar de Givenchy quando falamos de elegância e glamour. É dele o vestido preto que Audrey Hepburn usou no filme "Bonequinha de luxo" (1961). E em 1957, Audrey também foi garota propaganda do primeiro perfume de Givenchy, L’Interdit.

O Estilista nasceu em 1927 em Beauvais, no norte da França, e se mudou para Paris aos 17 anos, para se dedicar à sua paixão. Os pais de Givenchy esperavam que ele se tornasse Advogado, mas o jovem de 1,96 metros de altura foi atraído pela moda e desenho. E começou a trabalhar para Jacques Fath e depois para Robert Piguet e Lucien Lelong, antes de ir para a grife de Elsa Schiaparelli, onde rapidamente se transformou em diretor artístico até criar a marca Givenchy, em 1952.

Na dácada de 50, Givenchy fundou uma das marcas de moda mais importantes do mundo, que depois, no final da década de 80 foi vendida para o grupo LVMH. Suas criações caracterísicas, como calças de barras na altura do tornozelo com bordas franjadas e as blusas de manga bufantes, foram a tendência da época como alternativas descontraídas

Search By Tags
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now